Iniciação Científica

 

Título: O turismo e sua relação com a gastronomia: Uma análise do potencial gastronômico de São Bartolomeu, distrito de Ouro Preto/MG

Orientadora: Alissandra Nazareth de Carvalho

Discente: Narayhane Oliveira Gonzaga Delabrida

Resumo: O projeto tem como objetivo principal discutir acerca das possibilidades de desenvolvimento da relação entre turismo e gastronomia em São Bartolomeu, distrito de Ouro Preto/MG. Metodologicamente, se caracteriza como descritivo-exploratório, por buscar relacionar a temática do turismo gastronômico com o processo de planejamento para atividade turística, realizando pesquisa bibliográfica e pesquisa de campo com entrevistas semi-estruturadas. Busca-se neste projeto, apresentar caminhos de potencializar o turismo, levantando discussões sobre planejamento em pequenas localidades e criação de roteiros gastronômicos.

 

 

Título: Os saberes e fazeres das mulheres de Bento Rodrigues: possibilidades ao turismo de base comunitária.

Orientadora: Kerley Santos Alves

Discente: Kezyanne Ferreira do Sacramento

Resumo: O projeto se propõe a identificar os saberes e fazeres da comunidade de Bento Rodrigues como possibilidade ao desenvolvimento local por meio do turismo de base comunitária. Além disso, visa resgatar o conhecimento popular e experiências, valorizar o sentimento de pertencimento propiciando a permanência de seus referenciais. Espera-se por meio da memória coletiva, fortalecer os vínculos entre os moradores e que a perspectiva comunitária seja fator de oportunidade ao empoderamento da comunidade.

 

 

Título: Gastronomia mineira e centro histórico de Ouro Preto: Uma análise do marketing turístico e da valorização dos hábitos alimentares mineiros no centro histórico.

Orientadora: Alissandra Nazareth de Carvalho

Discente: Hayla Fortes

Resumo: O estudo busca refletir acerca da gastronomia mineira e suas interfaces com o turismo e com o marketing turístico. Além do patrimônio material, há também as expressões culturais locais, entre elas a produção de comida típica mineira na zona rural de Ouro Preto e seus distritos. Tem como objetivo buscar responder questões e sugerir o planejamento de uma feira gastronômica no Centro Histórico de Ouro Preto, uma vez que em períodos de alta do fluxo turístico as ruas do centro histórico são bastante frequentadas. Trata-se de uma pesquisa quantitativa onde pretende-se aplicar questionários em turistas e visitantes que se alimentarão na localidade, além de roteiro de entrevistas para gestores e empresários locais, do ramo de restaurantes.

 

 

 

Título: Dádiva, Comida e Mineiridade: estudo da hospitalidade no Festival Comida di Buteco em Belo Horizonte.

 

Orientador: Prof. Dr. Leandro Benedini Brusadin

 

Programa: PROBIC – FAPEMIG

 

Discente: Sergio Fernando Ferreira

 

Resumo: O oferecimento de comida e bebida é uma das práticas históricas da hospitalidade fundamentada pelo ato simbólico de dar algo de si próprio para o outro. Esse tipo de doação pode ser compreendida a luz da teoria da dádiva de Marcel Mauss e seu sistema de trocas: dar-receber-retribuir. A mineiridade é representada pela sua comida  e está presente no imaginário social do brasileiro como uma prática do acolher humano e seu vínculo com o aconchego doméstico. Esse projeto de pesquisa se propõe estudar o Festival Comida di Buteco, em Belo Horizonte, enquanto ato social e antropológico. O objetivo é compreender as possíveis trocas de hospitalidade realizada entre o público diante do ato de alimentar-se em grupo nos ambientes comerciais e urbanos. A metodologia baseia-se em pesquisa quali-quantitativa com o público que frequenta o evento em uma amostragem aleatória e não probabilística. Por fim, espera-se considerar acerca da existência da relação de dádivas oferecidas por meio da comida típica durante o Comida di Buteco, enquanto hospitalidade contemporânea, produto de uma tradição antiga inventada pela mineiridade.

 

 

Título: Os Paradoxos do Acolhimento nas Repúblicas Estudantis de Ouro Preto: um olhar socioantropológico

Orientação: Prof. Dr. Leandro Benedini Brusadin

 

Programa: PIBIC – CNPq

 

Discente:  Pillar Petrina Penido Pereira

 

Resumo:  A hospitalidade doméstica, em usufruto da teoria da dádiva de Marcel Mauss (2008), é uma forma de compartilhar valores em um processo voluntário e, ao mesmo tempo, obrigatório, diante do processo de acolher no ambiente do lar. Este projeto de pesquisa objetiva estudar as representações da hospitalidade nas repúblicas estudantis de Ouro Preto (MG), em uma abordagem socioantropológica, dentre os estudantes que vivenciam ou experimentaram as práticas de receber os seus pares ou serem recebidos pelos mesmos em diferentes situações. Parte-se da hipótese de que o poder simbólico de dadas tradições locais interfere no processo de escolhas e trocas sociais dos atores incluídos e / ou excluídos deste grupo. Além da pesquisa bibliográfica no que tange aos aspectos interdisciplinares da temática em questão, a metodologia baseia-se em pesquisa observatória - participante com diário de campo e registo de imagens e, ainda, pesquisa qualitativa com os tipos distintos de moradores classificados pelo grupo e com estudantes outros que se sentem a margem deste processo social.  Por fim, espera-se tecer as possíveis relações de acolhimento e hostilidade que ocorre neste complexo ambiente social com o intuito de uma proposição profícua para o estabelecimento de laços sociais diversos.