DETUR

 

Nossa História

O curso de bacharelado em Turismo da UFOP foi aprovado em 03 de dezembro de 1999, de acordo com a resolução CEPE nº 1.622. Na ocasião, foi indicada uma comissão especial composta pelos Pró-Reitores de Graduação, Planejamento e Desenvolvimento, pelos diretores dos Institutos de Filosofia, Artes e Cultura e de Ciências Humanas e Sociais, e por um dos representantes discentes do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE), aos quais coube proceder às adaptações necessárias no pré-projeto de criação do curso.

Este pré-projeto foi desenvolvido a partir de reunião no dia 01 desetembro de 1999, onde a Assembléia do Departamento de Engenharia de Produção (DEPRO) decidiu constituir uma comissão para propor ao CEPE um anteprojeto de criação do curso de Bacharelado em Turismo, assim justificado:

a) A UFOP está inserida numa região reconhecidamente importante enquanto pólo de turismo, constituído especialmentea partir das cidades históricas de Ouro Preto e Mariana.

b) Deve ser compromisso das instituições públicas universitárias apoiar o desenvolvimento regional através da qualificação dosseus cidadãos.

c) O turismo se constitui numa importante alternativa econômica para as cidades de Ouro Preto, Mariana e demais cidades históricas de Minas Gerais.

d) A reconhecida carência de mão-de-obra qualificada no setor de turismo que impossibilita a competitividade e viabilização desta alternativa econômica.

e) O crescimento do turismo no plano mundial, como decorrência do incremento constante do tempo livre nas sociedades modernas.

f) Afirmar Ouro Preto e Mariana como pólos derecepção turística de alta qualidade, contribuindo na sua consolidação.

g) Contribuir nas iniciativas regionais e locais que visem a melhoria da gestão hoteleira, mercadológica, cultural, de resgate histórico, de proteção ao Patrimônio Cultural.

h) Fortalecer os compromissos da Universidade com a preservação de Ouro Preto enquanto cidade Patrimônio Cultural da Humanidade.

i) Promover o encontro efetivo da Universidade coma comunidade em que está inserida, apoiando-a na difusão do turismo eviabilizando o seu desenvolvimento sócio-econômico.

Em 17 de maio de 2000 aconteceu a 1ª reunião do Colegiado do Curso de Turismo, sendo então aprovada sua matriz curricular que, encaminhada ao CEPE, passou a vigorar em 30 de maio de 2000, conforme resolução CEPE n.º 1.735.

Sua primeira turma com cinquenta alunos, turno noturno, iniciou a partir do vestibular de Inverno de 2000.

Em 05 de julho de 2002 foi criado o Departamento de Turismo, permanecendo o mesmo vinculado a Reitoria.

Os chefes de Departamento de Turismo foram:

Chefe

Período

Professor Crisoston Terto Vilas Boas (Pró-reitor de Graduação)

2002-2003

Professor Dirceu do Nascimento (Reitor)

2003-2004

Professor Jaime Antonio Sardi (DEPRO)

2005-2006

Professor João Nazário Simões Villaschi (DETUR)

2007-2010

Professora Angela Cabral Flecha (DETUR)

2010-2011

Professor Aluízio Finazzi Porto (DETUR)

2011-2014

Professor Marcos Eduardo Carvalho Gonçalves Knupp (DETUR)

2014-2016

Professora Alissandra de Carvalho Nazareth (DETUR)

2016-2018

Professor Ricardo Eustáquio Fonseca Filho (DETUR)

2018-atual

 

A partir do ano 2008, com o Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (REUNI), foram abertos novos concursos públicos o que permitiu que DETUR passasse a ter, sistematicamente, ampliado o seu corpo docente, assim como discentes, com duas entradas anuais: 35 no turno noturno no primeiro semestre e 35 no turno vespertino no segundo semestre..

Em 21 de outubro de 2013, os cursos de Direito, Turismo e de Museologia se vinculam à Escola de Direito, Turismo e Museologia (EDTM).

Com quase 20 anos de existência, o DETUR conseguiu avanços importantes tais como: contar com um número importante de bacharéis em Turismo no corpo docente; quase a totalidade do corpo docente de doutores; e acompanhar a inserção dos egressos no mercado profissional de turismo. Isso foi possível devido a um trabalho de modernização de seus recursos técnicos e à constante qualificação de seus recursos humanos.

 

“Uma vez por ano vá a um lugar que você nunca esteve antes”

(Dalai Lama)